segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Fim de relação

É um absurdo que eu chegue a casa e você, além de ficar furtivamente escondida, de repente se atire em mim desta forma, oferecida e vulgar, quase me matando de susto, inclusive.
Coabitamos o mesmo espaço, e eu vou levando minha vida, e você a sua, mas não consigo ficar assim, vivendo como se você não existisse, com esse seu comportamento.
Concordo que cada um tem seus limites, seus espaços. Ao longo do tempo acabei aceitando, afinal faz tanto tempo, e você foi ficando.
Entretanto você há de concordar que é folgada mesmo, pois nem teve a humildade de pedir. Simplesmente foi ficando. Chegou assim, como quem veio para ficar, na cara dura. E foi tomando espaço.
Você acha isto justo? Acha isto, sequer, possível? Desculpe-me, mas eu não.
Afinal, eu sou um homem ou sou um verme?
Entro no meu quarto, e você aí, esparramada na minha cama, como se fosse sua. Aí, quando me vê se agita toda, fazendo tipo de afobada e corre para procurar um cantinho para se esconder, como se não quisesse me atrapalhar, e voltar a passar despercebida.
Já te disse um milhão de vezes que a nossa relação é impossível.
Eu sei que um cadáver não escuta, mas ainda assim eu te falo e, quer saber? Nem culpado eu me sinto, vendo você estendida no chão.
Frio, calculista, um miserável, você deve ter pensado antes de morrer envenenada, mas pelo terror que você sentiu ao me ver, é um sinal de que você sabia que não fomos feitos um para o outro.
Isto, aliás, me traz alívio. Não! Redime toda e qualquer culpa que eu possa ter.
Eu acho que você já está morta, a despeito de suas pernas, aqui e ali terem minúsculos espasmos, como que estivessem dando os últimos acordes da sua existência.

E agora só tenho uma coisa para finalizar: morra barata nojenta!­­

6 comentários :

  1. que dó! que dó! que dó! kkkkk
    sensacional!

    ResponderExcluir
  2. Sebastião, o final foi mesmo surpreendente. Quem nunca teve barata folgada em casa que atire na parede seu laptop! abraço yvone http://senhoraipsilon.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente hilário. Adorei! lady viana.

    ResponderExcluir